Connect with us

SAÚDE

Hospital de Campanha do PV será desativado para receber gramado e drenagem “padrão-fifa”

Lucca

Publicado

em

Em março deste ano (2020), o prefeito de Fortaleza, Roberto Cladio, anunciava a construção de um hospital de campanha no Estádio Presidencial Vargas, próximo ao Benfica. O novo departamento de saúde teria 204 leitos para acomodar pacientes com diagnóstico de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

E que para nossa surpresa, a partir de segunda-feira (21), o hospital de campanha do estádio Presidente Vargas, será desmontado e a Secretaria da Saúde do Município afirma que os equipamentos comprados serão realocados em outras unidades de atendimento em Fortaleza.

Onde estão os respiradores que até hoje, tanto o prefeito Roberto Cláudio e o desGovernador Camilo Santana não dão uma explicação ou tocam no assunto. A quem diga que eles acham que o assunto sobre isso caiu no esquecimento. Vale lembrar que o prefeito Roberto Cláudio ainda deve explicações dos R$17 milhões que foi pago adiantados para uma empresa “fantasma”.

Queiroz do Povo é um cidadão, que como qualquer cidadão cobra diariamente e fiscaliza as obras e o desgoverno aqui em nossa capital e nosso estado do Ceará. A página Fortaleza Abandonada, que é administrada pelo mesmo, tem mais de 150mil seguidores que apoiam os conflitos diários de Queiroz do Povo, “A voz do povo, ninguém cala” diz Queiroz.

Vale salientar que nessa brincadeira de desmonta e monta, foram gastos quase R$ 100 milhões de reais para atender 650 pacientes, o que parece brincadeira, mas sai uma média de R$ 154 mil reais por paciente tratado, segundo eles, o hospital não registra uma nova internação (diagnóstico) desde o dia 1º agosto. Será?

Já na segunda-feira (21), o estádio Presidente Vargas receberá gramado e drenagem “padrão-Fifa” e voltará em 2021. Mas a pandemia aqui no estado já acabou? Ou existe “superfaturamento” nessas obras?

A previsão é que o projeto saia da Secretaria de Infraestrutura até o final de setembro e seja encaminhado à Central de Licitações da Prefeitura de Fortaleza. Interessante é que para montar a estrutura para atender a população foram mais de 30 dias, mas para desmontar é menos de uma semana!

Lembrando que, a Polícia Federal, em parceria com o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União deflagrou, na manhã desta segunda-feira (25/5), a Operação DISPNÉIA. Estão sendo cumpridos oito Mandados de Busca e Apreensão em domicílios, empresas e órgãos públicos em Fortaleza/CE.

Os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, pelo crime de peculato, tipificado no artigo 312 do Código Penal e pelo crime de dispensa irregular de licitação, previsto no artigo 89 da Lei 8.666/83.

O Diário Ceará é um portal de notícias focado no digital e que atua de forma independente, fornecendo notícias do nosso Vale do Jaguaribe e toda região do nosso Estado do Ceará, do Brasil e do Mundo. Criado em 2019, mas lançado em 2020, o site se propõe a ser uma das principais referência confiáveis de conteúdo, principalmente no momento de profusão das fake news.

PUBLICIDADE
Deixe sua opinião aqui
PUBLICIDADE

CURTA NOSSA PÁGINA