Connect with us

ÚLTIMAS

Camilo Santana destinou quase R$ 1 milhão de reais para comprar roupas novas para os presos

Avatar

Publicado

em

Em meio a pandemia no Brasil, o Governo Federal proveu a seus estados ajuda mútua em ambos os processos para viabilizar o controle do covid-19 em cada estado. Entretanto, o estado do Ceará, ultimamente tem se tornado um caso a ser investigado.

Com o suposto “sumiço” dos 300 respiradores que o Prefeito Roberto Cláudio deveria ter entregue a quase 30 dias atrás. A entrega dos equipamentos deveria ocorrer da seguinte forma:

– 1º Lote (até 30 de abril seriam entregues 200 unidades) (entregues atrasados)
– 2º Lote (até 30 de maio seriam entregues 300 unidades) (sumiu do mapa)
– 3º Lote (até 30 de junho seriam entregues 200 unidades) (aguardando se será entregue)

Foi então que o Governador Camilo Santana destinou SEM LICITAÇÃO quase 1 MILHÃO DE REAIS dos cofres públicos para aquisição de roupa para os presos. Isso mesmo, roupas novas para os presos do estado do Ceará, motivo da causa é a PANDEMIA do Covid-19 que pode infectar os presos.

Mais isolados que eles já estão, com rotinas diárias e alimentação, não bastava só fazer a higienização como recomenda o Governo Federal, vale ressaltar que esse tipo de ação preventiva é indispensável para evitar o contágio da Covid-19 de servidores, apenados e visitantes da casa prisional.

Profissionais da saúde, os mesmos que estão a frente dessa batalha estão denunciando diariamente a falta de insumos e que estão há mais de 30 dias sem salário. Pense como é bem motivador, trabalhar sem receber sua principal fonte de renda. Até quando vai ficar assim?

Como diz o Deputado André Fernandes: “Tem roupa nova pra preso, mas não tem saneamento básico pro povo”.

O Diário Ceará é um portal de notícias focado no digital e que atua de forma independente, fornecendo notícias do nosso Estado do Ceará, do Brasil e do Mundo. Criado em 2019, mas lançado em 2020, o site se propõe a ser uma das principais referência confiáveis de conteúdo, principalmente no momento de profusão das fake news.

PUBLICIDADE
Deixe sua opinião aqui
PUBLICIDADE

CURTA NOSSA PÁGINA