Connect with us

NO MUNDO

Bolsonaro ameaça retirar o Brasil da OMS por “viés ideológico”

Avatar

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na sexta-feira (5), retirar o Brasil da Organização Mundial da Saúde (OMS), depois que a agência da ONU deixasse de ser uma entidade “política e partidária”.

O presidente Donald Trump, que é um grande aliado e amigo do presidente Bolsonaro, disse no mês passado que os Estados Unidos encerrariam seu próprio relacionamento com a OMS por motivos parecidos.

– Como eles não fizeram as reformas solicitadas e muito necessárias, encerraremos nosso relacionamento com a OMS e redirecionaremos esses fundos para outras necessidades de saúde pública mundial urgentes e globais – disse Trump quando comunicou o rompimento.

Questionado sobre os esforços para diminuir as ordens de distanciamento social no Brasil disse:

– Adianto aqui: Os EUA saíram da OMS, a gente estuda no futuro. Ou a OMS trabalha sem o viés ideológico ou a gente está fora também. Não precisamos de gente lá de fora dar palpite na saúde aqui dentro. Ou a OMS realmente deixa de ser uma organização política e partidária ou nós estudamos sair de lá – declarou o presidente Bolsonaro.

Lembrando que o Brasil, deixou de fazer contribuições à organização (OMS), desde 2019 e hoje soma cerca de 33 milhões de dólares, que podem ser direcionados de formas mais eficaz.

– Só tirar a grana que eles [OMS] começam a pensar diferente – afirmou o presidente.

O Diário Ceará é um portal de notícias focado no digital e que atua de forma independente, fornecendo notícias do nosso Estado do Ceará, do Brasil e do Mundo. Criado em 2019, mas lançado em 2020, o site se propõe a ser uma das principais referência confiáveis de conteúdo, principalmente no momento de profusão das fake news.

PUBLICIDADE
Deixe sua opinião aqui
PUBLICIDADE

CURTA NOSSA PÁGINA